O Programa de Incentivo a Pesquisa da RPPN Santuário do Caraça solicita os seguintes documentos:

  1. Carta de apresentação do pesquisador titular, do projeto e do(s) orientador(es) encaminhada pelo chefe de departamento.
  2. Carta de apresentação dos auxiliares de campo, se houver, encaminhada pelo orientador do projeto.
  3. Cópia da apresentação do projeto de pesquisa (título, introdução, objetivos, área/local de estudo na RPPN, justificativa, metodologia, resultado esperado).
  4. Em caso de coleta e transporte de material biológico, cópia de autorização do SISBIO / ICMBio (conforme Instrução Normativa 154, 1 de março de 2007). Havendo dispensa da autorização pelo SISBIO, encaminhar o parecer da dispensa.

Nota: Informação necessária para o pedido da autorização no SISBIO. RPPN Santuário do Caraça, decretada pelo IBAMA (Portaria 32/94-N), hoje, sob a jurisdição do ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, está inserida nos Municípios de Catas Altas e Santa Bárbara, MG.

  1. Em caso de Bioprospecção, o pesquisador deverá providenciar autorização do CGEN – Conselho de Gestão do Patrimônio Genético.
  2. Declaração de aceite da Instituição depositária, quando houver coleta de material biológico.
  3. Cronograma de previsão dos trabalhos de campo nesta Unidade de Conservação.
  4. 1 foto 3X4 do pesquisador responsável pelo projeto.

Observação:

  1. Após aprovação da documentação e do projeto, o pesquisador receberá a autorização da Direção do Santuário do Caraça e Coordenação Ambientalo para a sua execução.
  2. Os pesquisadores contam com o auxílio da Coordenação Ambiental e da Direção da RPPNSC.
  3. Enviar a documentação por e-mail aline.abreu@santuariodocaraca.com.br. A foto poderá ser entregue no primeiro dia do trabalho de campo.
  4. Sugerimos consultar o Plano de Manejo da RPPN Santuário do Caraça visando contribuir para o manejo da Unidade de Conservação. Documento disponível no link http://www.santuariodocaraca.com.br/plano-de-manejo-da-rppn-santuario-do-caraca/
  5. Sugerimos consultar a biblioteca do Santuário do Caraça durante o levantamento bibliográfico para verificar os trabalhos já realizados e evitar a sobreposição de temas e áreas de estudo. As referências também podem ser acessadas no link: http://www.santuariodocaraca.com.br/pesquisas/
  6. A casa do pesquisador deverá ser reservada com antecedência. Reservas são feitas somente no e-mail centraldereservas@santuariodocaraca.com.br  e/ou (31) 3837-2698 / 98978-3180. Veja também o valor da diária (preço diferenciado para pesquisador cadastrado).
  7. Para esses pesquisadores, a RPPNSC disponibiliza uma casa denominada ―Estação Biológica‖ com reservas exclusivas para hospedar pesquisadores e guias, também cadastrados. Para uso dessa casa, é cobrado um preço diferenciado, para os serviços de pernoite, café da manhã, almoço e jantar.
  8. Respeitar as Normas Internas do Santuário do Caraça e sua RPPN.
  9. Ao chegar à RPPN Santuário do Caraça, apresentar-se à Direção e a Coordenação Ambiental.
  10. Durante a realização da pesquisa na área do Santuário do Caraça, portar com as cópias de autorização da pesquisa (da RPPN e do SISBIO) e com a cópia do documento de identidade com foto. Para apresentar quando solicitado por qualquer pessoa.
  11. Quando o projeto proposto, em fase de desenvolvimento, não tiver sido concluído, o pesquisador deverá encaminhar à Direção do Santuário do Caraça o pedido de prorrogação do prazo.
  12. Caso seja interrompida a realização do projeto, por motivos particulares ou da Instituição de Ensino a qual o pesquisador é vinculado, apresentar por escrito o pedido de cancelamento do mesmo junto à Direção do Santuário do Caraça.
  13. Após concluir a pesquisa, o pesquisador responsável ficará responsável pelo envio de 2 (dois) exemplares do relatório final (1 cópia impressa e 1 cópia do arquivo digital) a serem apresentados à Direção do Santuário do Caraça no prazo máximo de 8 (oito) meses após o término dos trabalhos de pesquisa. Esse relatório final poderá ser o Trabalho de Conclusão do Curso (TCC), como Artigo Acadêmico, Monografia, Dissertação ou Tese. Caso o pesquisador não envie o trabalho concluído dentro do prazo estipulado, a Instituição a qual o pesquisador estiver vinculado será comunicada e ficará responsável pela remessa do mesmo, sob pena de seus pedidos posteriores serem indeferidos pela Direção do Caraça.