Normas de Visitação

normas visitacaoO Santuário do Caraça é uma Unidade de Conservação, conhecida como Reserva Particular do Patrimônio Natural, protegida por lei federal.

A RPPN Santuário do Caraça tem como principal objetivo preservar a biodiversidade presente, bem como seu acervo histórico e cultural.

Estando aberta à visitação, precisamos zelar para que a visitação se faça de forma segura e com baixo impacto. Por este motivo contamos com a sua ajuda para conservar e preservar este patrimônio da humanidade.

A SEGUIR, ORIENTAÇÕES IMPORTANTES:

  • Aberto à visitação de segunda a segunda, de 08:00 às 17:00h.
  • A boleta da Taxa de Visitação é paga na RECEPÇÃO. A boleta deve ser paga até as 16:00h.
  • Passe pelo CENTRO DE VISITANTES e peça informações sobre o local e sugestões para o seu passeio. Aproveite e veja o vídeo que fala sobre a história e os atrativos do Caraça.
  • O ALMOÇO (Self-service) é servido das 12:00 às 14:00h. Para sua garantia, adquira sua ficha de refeição, até 11:00 horas na Recepção.
  • CANTINA (lanchonete) e LOJINHA funcionam até 17:00 horas. Na lojinha você encontra lembranças, postais, livros e vídeos sobre a história do Caraça. Está localizada dentro da Cantina.
  • No NÚCLEO HISTÓRICO visite a Igreja neo-gótica de Nossa Senhora Mãe dos Homens, o Claustro, as Catacumbas, o Museu, a Biblioteca, e muito mais…
  • As excursões com grupos acima de 10 pessoas precisam ser agendadas. 

Atenção às Normas de Visitação:

  • Deixe seu bichinho de estimação em casa. Eles transmitem doenças aos animais silvestres.
  • Para fazer longas caminhadas (acima de 6km e picos), procure guias cadastrados no Caraça. A contratação dos guias deve ser feita com antecedência. São profissionais autônomos, sem vínculo empregatício com o Santuário do Caraça e/ou PBCM.
    Nota:
    Atrativos com distância, da sede do Santuário do Caraça, acima de 6km e picos estão inseridos na  Zona de Proteção da Unidade de Conservação RESERVA PARTICULAR DO PATRIMÔNIO NATURAL SANTUÁRIO DO CARAÇA, conforme documento aprovado pelo ICMBio, Portaria Nº 189/2013. Na Zona de Proteção da RPPN Santuário do Caraça a visitação restringe-se até 11 pessoas por dia, considerando o guia ou condutor cadastrado no Santuário do Caraça.
  • Todo o lixo produzido deve ser colocado nas latas de lixo disponíveis na área de uso público ou recolhido em sacos plásticos e trazido de volta das trilhas.
  • Use roupas adequadas para o ambiente em que você se encontra. Ficar sem camisa e/ou com trajes de banho na Igreja e em outras áreas do Centro Histórico não combina.
  • Circular de bicicleta somente no asfalto.
  • O Caraça é um lugar sagrado. Ao entrar, deixe palavras, gestos e atos ofensivos para trás.

É proibido:

  • Entrar e permanecer com animais domésticos ou exóticos (cães, gatos, cavalos, etc.), exceto nos casos previstos na Lei Federal Nº. 11.126, de 27 de junho de 2005 (cães-guia).
  • Andar fora das trilhas, abrir e utilizar atalhos.
  • A entrada na área da propriedade por outro acesso que não a sua portaria;
  • Circular de bicicletas nas trilhas, por causa da fragilidade dos solos.
  • Caçar, pescar, a coleta e a apanha de espécimes da fauna e da flora (incluindo vasos e jardins).
  • Introduzir (soltar ou plantar) qualquer espécie de animal ou vegetal na área.
  • Levar bebidas em recipiente de vidro para as trilhas e aos outros atrativos naturais.
  • Consumir bebidas alcoólicas em excesso.
  • Fazer fogueiras, churrascos, pescarias, caça e aprisionamento ou mau trato aos animais.
  • Jogar lixo no chão e/ou na área da Reserva.
  • Jogar “toco” de cigarro no chão, principalmente nas trilhas e nas beiras de estradas.
  • Arremessar pedras, latas, garrafas ou qualquer objeto nos cursos d’água, na mata, em direção aos animais, em placas informativas e prédios da propriedade.
  • Pichar ou depredar qualquer área da Propriedade/Reserva.
  • Remover e/ou danificar placas de sinalização.
  • Entrar na área portando armas, facões, tinta spray e outros objetos incompatíveis com a conduta consciente em unidades de conservação, salvo quando autorizados e com a licença em mãos.
  • Escutar música ou rádio em alto volume.
  • Acampar e pernoitar em carros.
  • Usar produtos de higiene (sabonete, xampu, detergente etc.), bronzeadores ou o consumo de bebidas alcoólicas dentro da piscina natural, rios ou poços de banho.
  • Nadar no Tanque Grande e no Tanque São Luís.
  • Praticar esportes radicais.
  • Comercializar produtos com exceção para os artesãos cadastrados no Caraça.
  • A utilização de drones para a realização de fotos e filmagens.

Esteja informado:

  • Informe-se com os monitores sobre as trilhas e o tempo gasto nos passeios, para não correr o risco de voltar durante a noite.
  • Nunca saia das trilhas.
  • Não vá caminhar sozinho, principalmente nas trilhas mais distantes.
  • Os pais e/ou responsáveis por menores devem impedir que as crianças realizem qualquer passeio desacompanhadas.
  • Não faça trilhas com chinelos ou sandália, mas sempre com sapato fechado.
  • A água do Caraça é muito fria. Antes de se banhar, molhe bem os pulsos e a nuca para evitar choque térmico.
  • Na época de frio intenso, não fique mais de 5 minutos dentro d’água para evitar hipotermia.
  • Em caso de suspeita, o veículo, bolsas e mochilas poderão ser revistados pelo Porteiro, Monitor e Guarda-Parque.
  • Será cobrado taxa para usufruir do espaço do Santuário do Caraça para tirar fotos de books (casamentos, debutantes, entre outros).

COMUNICADO SOBRE AS NORMAS PARA OS PASSEIOS AOS PICOS, NA RPPN SANTUÁRIO DO CARAÇA (IBAMA, Portaria Nº 32/94-N)

A Direção da RPPN Santuário do Caraça, com base no documento técnico “Plano de Manejo” da Unidade de Conservação, comunica, de modo respeitoso, a interdição, por tempo indeterminado, da atividade de acampamento nos picos, com exceção das atividades de monitoramento e pesquisa, autorizados pela Direção da RPPN.

Normas para visitar os picos da RPPN Santuário do Caraça:

  • acompanhamento do guia/condutor cadastrado na RPPN Santuário do Caraça;
  • a capacidade de carga para cada pico por dia, não pode exceder o número de 10 pessoas;
  • passeio de ida e volta no mesmo dia; e
  • em dias de chuva não é permitido.

CONSIDERANDO os objetivos da criação da Unidade de Conservação “RPPN Santuário do Caraça” e a relevância e fragilidade da biodiversidade dos ambientes montanhosos, a Direção e o Setor Ambiental providenciarão as medidas necessárias para garantir também a visitação consciente nessas áreas.

CONSIDERANDO que a atividade de turismo é um dos MEIOS fundamentais para preservar e conservar um patrimônio ambiental e que, para isso é preciso considerar também a fragilidade do meio ambiente em relação às ações humanas (baixo impacto da atividade de turismo), estaremos abertos a sugestões que possam ajudar nos esforços em benefício da geração presente e das futuras. E-mail para contato: contribuicaraca@gmail.com

A proposta é elaborar um Manual de boa conduta.